Pesquise aqui sua viagem

Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto)

5 Flares Twitter 3 Facebook 2 Filament.io Made with Flare More Info'> 5 Flares ×

Companhia de Tecidos Rio Tinto Rio Tinto5 Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto)Companhia de Tecidos Rio Tinto

(Av. Manoel Gonçalves 47)

A Companhia de Tecidos Rio Tinto é uma fábrica desativada cuja sede se situa na cidade de Rio Tinto, Paraíba, embora juridicamente ainda não esteja extinta em virtude dos muito imóveis que ainda detém. Já formou, junto com a Companhia de Tecidos Paulista (esta última ainda em atividade na área metropolitana do Recife), o maior complexo têxtil da América do Sul.

A Companhia de Tecidos Paulista (atual Casas Pernambucanas) foi fundada pelo comerciante e industrial sueco naturalizado brasileiro Herman Theodor Lundgren (nascido em Norrköping, por volta de 1835 – Recife, 1907).

Em 1917, seu filho, Frederico João Lundgren, junto com os irmãos, comprou do fazendeiro Alberto de Albuquerque, por dois mil contos de réis, 601 quilômetros quadrados de terras cobertas de Mata Atlântica, habitadas por tribos potiguaras, por pequenos fazendeiros e posseiros, onde se situa o atual município de Rio Tinto. A fábrica foi inaugurada em 1924.

Em 1918, inicia-se a implantação do projeto da companhia em um terreno de 600 quilômetros quadrados. Navios começam a trazer da Europa para Cabedelo as primeiras máquinas para a fabrica de tecidos. Pouco tempo depois, o rio Mamanguape ganhava um atracadouro para o desembarque de peças mecânicas de até 100 toneladas conduzidas desde o Porto de Cabedelo em barcos da própria companhia fabril. Com a implantação da companhia de tecidos e o desenvolvimento do parque fabril foram criados, em paralelo, os equipamentos comunitários (vilas residenciais, igreja, chalés, cinema, barracão e delegacia, ainda hoje considerados atrativos histórico-culturais da cidade). Foram então contratados na Alemanha mais de 80 especialistas do ramo fabril, a maioria engenheiros têxteis, para cargos técnicos e de direção, os quais trouxeram naturalmente consigo as respectivas famílias.

A Companhia de Tecidos Rio Tinto foi inaugurada em 27 de dezembro de 1924. Uma multidão de mais de cinco mil espectadores, políticos e jornalistas.

Apogeu industrial dos anos 1960

Após a morte de Herman Lundgren em 1907 ele encarregou a Dannyel Heinrich kubrusly grande amigo do Herman Lundgren a cuida dos negócios da família em 1910 falecido, passa os negócios nas mãos dos filhos do Herman, educados na Alemanha e Inglaterra. A Administração do projeto em Rio Tinto e desenvolvimento da fábrica couberam mais a Frederico Lundgren (1879-1946), que foi sucedido por Artur Lundgren, o qual elegeu-se primeiro prefeito de Rio Tinto, em 1957, logo após a emancipação de Mamanguape.

A fase áurea da Companhia de Tecidos Rio Tinto, aconteceu no início dos anos 1960, quando se verificou o apogeu das exportações para a Europa e os Estados Unidos. Nessa época, Rio Tinto tinha então uma das maiores arrecadações tributárias do interior nordestino, o que significava o pleno funcionamento de centenas de teares em 50 galpões em uma área construída de 52 mil metros quadrados. Doze caldeiras queimavam por dia 80 caminhões de lenha, gerando 15 mil empregos diretos. A fábrica foi o motivo condutor para edificação de quase tudo o que hoje está de pé na cidade, o que inclui 2.613 casas de habitação, o hospital, as praças e o armazém destinado ao suprimento das despensas de técnicos, dirigentes e operários. Com toda essa prosperidade, os trabalhadores tinham privilégios pouco comuns para o interior nordestino da época, como emprego fixo e assistência médica.

Decadência da companhia

Em 18 de agosto de 1945, cerca de dois mil operários da fábrica de tecidos invadem os chalés dos alemães, quebrando tudo e exigindo que os estrangeiros fossem deportados. Tanto no país quanto em Rio Tinto ardia o ódio advindo do torpedeamento de navios da Marinha Mercante do Brasil por submarinos supostamente germânicos (muitos historiadores dizem que foi na verdade um modo de Roosevelt pressionar Getúlio com uma ameaça de invasão do Nordeste, mandando a mensagem implícita: ou você nos aluga pelos acordos de Washington, ou tomamos de vez e transformamos numa imensa Porto Rico, não deixando portanto lá muita escolha a Getúlio, tendo sido o único erro deste investir o capital captado com as bases no litoral nordestino praticamente na tríplice fronteira sudestina pra industrializar os outros com dinheiro obtido as custas da privilegiada e única geo-posição do Nordeste no contexto da guerra) durante a Segunda Guerra Mundial. Meses depois, com a situação mais estabilizada, a Companhia de Tecidos Rio Tinto acionou judicialmente o Estado em busca da indenização dos prejuízos, a qual nunca foi obtida. Os alemães enquanto isso lá permaneceram para insatisfação dos locais.

Em 1963, um ex-operário da fábrica, o torneiro mecânico Antonio Fernandes de Andrade, elege-se prefeito municipal contra os interesses dos antigos patrões. A partir de então, os Lundgren mostram-se desestimulados. Com os galpões, o palacete (não oficialmente aberto ao turismo), marcenarias e oficinas de manutenção fechados, o espólio dos Lundgren, hoje administrado por um pequeno escritório local, vive do recebimento do aluguel de 80% das casas de Rio Tinto, empregando, para tanto, em torno de 70 pessoas.

Vídeos

video2 Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto) 

Fontes e Artigos relacionados

wikipedia  skyscrapercity  revistadehistoria

Companhia de Tecidos Rio Tinto Rio Tinto6 Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto)

Companhia de Tecidos Rio Tinto Rio Tinto3 Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto)

Companhia de Tecidos Rio Tinto Rio Tinto1 Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto)

Companhia de Tecidos Rio Tinto Rio Tinto2 Companhia de Tecidos Rio Tinto (Rio Tinto)

Onde Ir Rio Tinto

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

5 Flares Twitter 3 Facebook 2 Filament.io 5 Flares ×
Google+ Google+